Curso aborda influência do machismo no adoecimento de mulheres

Machismo pode provocar efeitos como diminuição da autoestima, isolamento, depressão e outros transtornos às mulheres (Foto: Pixabay)

Você já parou para pensar que o machismo também pode influenciar o adoecimento de mulheres? Em Londrina, essa temática será abordada no curso “Introdução à Análise do Comportamento e Feminismo: Implicações na Prática Clínica”, promovido pelo Núcleo Evoluir, no próximo dia 2 de dezembro. O objetivo é mostrar como as relações sociais de uma mulher podem ser afetadas pelo patriarcado e como profissionais de psicologia podem identificar e ajudar pessoas nesta situação.

A capacitação será ministrada pelas psicólogas Amanda Oliveira de Morais e Marcela de Oliveira Ortolan, ambas do coletivo Marias & Amélias de Mulheres Analistas do Comportamento. Elas vão apresentar o impacto do machismo na vida das mulheres e a compreensão do feminismo por uma perspectiva científica, inclusive como campo teórico e político. Também serão apresentados casos clínicos para o treinamento de identificação de situações machistas, além de apontar possibilidades de intervenções coerentes com a Análise do Comportamento e o Feminismo.

“Vamos mostrar e discutir variáveis machistas presentes no desenvolvimento humano e, consequentemente, na produção de problemas emocionais, cognitivos e comportamentais”, reforçam as profissionais.

Para elas, todas as relações sociais das mulheres são afetadas pelo patriarcado, o que passa pela família, amizades, namoro e casamento e pode atingir o trabalho e participação política. As diferentes formas de violência – física, psicológica, sexual, patrimonial e moral, entre outras – são produtoras e produto desta cultura.

“Os efeitos da violência provocam diminuição da autoestima, isolamento, dificuldades nas interações sociais e aumento da probabilidade do desenvolvimento de depressão, ansiedade e transtorno de stress pós-traumático. Além disso, as lesões físicas, que vão de hematomas ao feminicídio, podem provocar adoecimento e DSTs”, pontuam as psicólogas.

Serviço

Curso “Introdução à Análise do Comportamento e Feminismo: Implicações na Prática Clínica” – Núcleo Evoluir

Dia 2 de dezembro | 9 horas

Local: Auditório principal do Edifício Torre di Pietra (Av. Ayrton Senna da Silva, 500, Gleba Palhano, Londrina).

Investimento: R$ 60 profissionais | R$ 40 estudantes (há desconto de 25% para grupos de 5 pessoas)

Mais informações na página do evento.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*