Mês da Mulher terá palestras, shows e evento com Maria da Penha

História da farmacêutica cearense Maria da Penha Maia Fernandes originou a Lei Maria da Penha (Foto: Divulgação)

Bate-papos, palestras e shows gratuitos são algumas das atividades previstas para acontecer em Curitiba ao longo de março, em comemoração ao Mês da Mulher. Um dos eventos, inclusive, deve contar com a participação da ativista Maria da Penha Maia Fernandes, líder de movimentos de defesa dos direitos das mulheres que sobreviveu a tentativas de homicídio por parte do ex-marido. Ela dá nome à Lei nº 11.340, de 2006.

A programação do Mês da Mulher na capital foi organizada pela Secretaria de Estado da Cultura e tem início nesta quinta-feira (1º), com a abertura da exposição Harmonia, às 18h30, no Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR). A mostra da fotógrafa Amanda Giulia Sartor reúne imagens relacionadas a estudos de alquimia e que se propõem a estimular sentidos e a imaginação dos visitantes. Isso deve ocorrer por meio da representação dos quatro elementos principais: água, fogo, terra e ar. A exposição segue até 1º de abril.

Já no dia 7 de março, às 18h, o Museu Alfredo Andersen inaugura a mostra Mulheres, uma coletânea de retratos femininos pintados pelo artista norueguês Alfredo Andersen entre o final do século XIX e início do século XX.

No dia 8 de março, por sua vez, haverá a palestra A vida de Maria Bueno, às 9h30, no Museu Alfredo Andersen. A pesquisadora Clarissa Grassi conta a trajetória da mulher considerada santa por muitos paranaenses e que também foi retratada por Alfredo Andersen. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail educativomuseualfredoandersen@gmail.com.

Mais tarde, às 19h30, o Museu Paranaense recebe cinco pesquisadoras para um bate-papo sobre a mulher no ambiente acadêmico. Na ocasião será lançado o SophiaData, uma database e central de conexão entre mulheres pesquisadoras.

Agora é que são Elas

A partir do dia 8 de março, a Biblioteca Pública do Paraná também iniciará a veiculação do projeto Agora é que são Elas – 10 poetas paranaenses. São dez vídeos com leituras de textos de poetas paranaenses que serão reproduzidos no site e nas redes sociais da BPP. Atrizes vão interpretar poemas de 10 autoras que fazem parte da história literária do Paraná.

No dia 9 de março, terá início a exposição Personalidades: Mulheres Negras no Paraná, a partir das 17h, no hall da Secretaria de Estado da Cultura. A mostra vai homenagear 10 mulheres que contribuíram para o fortalecimento da imagem da mulher ativa e independente, enfrentando por muitas vezes um duplo preconceito: ser mulher e ser negra.

Também no dia 9, às 19h30, acontece a mesa-redonda Olhares: Mulheres e suas vivências, no Museu Paranaense, com a participação de Heliana Hemeterio (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexo), Josiane de Lima (Transgrupo Marcela Prado) e Carmen Costa (Grupo Liberdade Curitiba). A mediação fica por conta da professora Carla Morales (Dom da Terra AfroLGBTI).

Oficina

No dia 21 de março, das 14h às 17h, o Centro Juvenil de Artes Plásticas inicia o semestre temático Universo feminino com oficina da artista Elizabeth Titon para alunos do próprio centro e do Museu Alfredo Andersen.

No mesmo dia, às 20h, tem show com a cantora Michele Mara, no auditório Poty Lazzarotto do Museu Oscar Niemeyer. A apresentação conta com a participação de cantoras convidadas.

O Guairinha recebe no dia 22, às 19h, o lançamento do Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher, iniciativa da Defensoria Pública do Paraná para fortalecer o atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e familiar. O evento vai contar com a participação da ativista Maria da Penha Maia Fernandes, líder de movimentos de defesa dos direitos das mulheres, e com o show “Mulher de Lei”, de Tião Simpatia, acompanhado pelo grupo Mestiça. Para ter acesso, basta levar um quilo de alimento ou um produto de higiene pessoal feminino.

No dia 25 de março, às 11h, o grupo Nova Era Kotekitai – Curitiba, uma banda musical feminina que tem o objetivo de transmitir a paz e a esperança por meio das músicas, se apresenta no jardim do Museu Paranaense.

Exposição

Para encerrar o Mês da Mulher, a exposição “As histórias das mulheres a partir do acervo do Museu Paranaense” será inaugurada no térreo do museu, no dia 28 de março, às 17h. A mostra apresenta o resultado de um ano de pesquisa no acervo da instituição por meio de um projeto de extensão intitulado Cultura Material e Gênero da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e também do grupo de trabalho do Museu Paranaense nomeado Modos de Vestir.

Serviço

Mês da Mulher
De 1º a 28 de março de 2017
Bate-papos, exposições, palestras e shows
A programação completa pode ser acessada aqui.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*